top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdampintores.pt

Adam está em expansão. "Estamos a construir um unicórnio checo", dizem os fundadores.

Graças a Adam, a tediosa busca por um pintor de interiores verificado é agora coisa do passado na República Checa e na Eslováquia. A plataforma Checa de sucesso chegou agora também à Polónia e à Hungria, para além de Varsóvia, Cracóvia e Budapeste. "A nossa ambição é conquistar o mundo, este é apenas o começo", dizem os jovens fundadores da startup.
Os dois fundadores da plataforma Adam: Jakub Dvořák (esquerda) e Roman Sysel (direita)

No início do ano passado, os fundadores de Adam, Jakub Dvořák e Roman Sysel, deixaram cargos de gestão na plataforma de sucesso global Bolt com a missão de melhorar a reputação e o funcionamento dos ofícios tradicionais e construir um unicórnio checo. Após o começo na República Checa e com a recente expansão para a Eslováquia, a plataforma checa está agora em processo de expansão para dois mercados adicionais. Os serviços de pintura também serão oferecidos, em apenas alguns cliques, na Polónia e na Hungria, algo que os fundadores veem como o próximo passo para reforçar a sua posição na região.


"A [expansão para a] Polónia e Hungria fazia parte dos nossos planos desde o início. Estamos felizes por poder oferecer o nosso serviço em países vizinhos. Em ambos estes países, vemos um mercado que funciona mal. Os pintores têm má reputação, e os tempos de espera bem como os preços são muito altos o que dificulta a tomada de decisão. A situação era igual aqui [República Checa] e na Eslováquia, onde estamos a conseguir melhorias substanciais, e por isso celebramos este grande sucesso com os nossos clientes e pintores. Acreditamos que teremos sucesso em novos mercados também", comentou o co-fundador Jakub Dvorak no lançamento da plataforma em novos mercados.


"Está a correr bem. Todas as semanas temos números recorde de solicitações tanto na República Checa como na Eslováquia. Acreditamos ter encontrado um modelo de negócio bem-sucedido que queremos expandir ainda mais. Então, não vamos parar nestes países e já estamos à procura de outros mercados para onde expandir o nosso produto", sugere o co-fundador Roman Sysel sobre planos futuros.


0 comentário

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page